terça-feira, 29 de março de 2016

SODALITA - CURIOSIDADES


A Sodalita foi redescoberta em 1806 na Groenlândia, antes na Grécia recebeu esse nome devido ao seu alto grau de sódio, onde “soda” = sal e “lita” = pedra, desta forma a Pedra do Sal ou Sodalita. Os gregos honravam essa pedra como pedra de proteção e curadora, e acreditavam que a mesma conferia ao seu portador a estimulação da inclinação artística. Pintores, escultores e cantores traziam essa pedra sempre consigo.

Ela não tinha uma importância ornamental até 1891, quando um vasto depósito de ótima qualidade foi encontrado nas minas em Ontário, Canadá. Após a descoberta a Princesa Patrícia de Connaught visitou algumas vezes as minas e decidiu decorar o interior de sua residência na Inglaterra a Marlborough House, passando então a ser conhecida como Azul Princesa.

Relativamente dura, mas frágil, em mineralogia ela foi classificada como um feldspatóide. Bem conhecida pela sua cor azul a Sodalita também pode ser verde, amarela ou rosa e oferece variações com seus veios brancos. As pedras com maior uniformidade de azul são aproveitadas para se lapidar em forma de cabochões e pingentes.

Age no som, na vibração e na comunicação.