terça-feira, 31 de maio de 2016

OPALA - HISTÓRIA




O nome Opala é oriundo do hindu antigo sânscrito “Upala” (pedra preciosa). A coloração da Opala se deve às bolinhas de água armazenadas no interior da pedra e que brilham nas mais belas cores quando expostas à luz. 

A Opala era diretamente associada aos deuses e à criação, e diz-se que recebeu uma parte de todas as pedras, o verde da Esmeralda, o violeta brilhante da Ametista, o vermelho do Rubi, o azul da Safira e a luz ardente do enxofre. 

Os antigos gregos e romanos chamavam-na de “opalus” e acreditavam poder prever o futuro através dela, que também protege o usuário de todas as doenças, e que as Opalas negras são pedras de poder para os mágicos.