quarta-feira, 11 de maio de 2016

JADE - HISTÓRIA




A história do Jade é tão longa quanto a civilização chinesa. Vários são os objetos feitos de jade encontrados por arqueólogos em território chinês, que remontam aos períodos iniciais do neolítico. Posteriormente, foi considerada uma gema imperial, sendo utilizada como matéria prima em ornamentos de cerimônias e objetos de decoração.

Nos tempos antigos, o Jade parece que foi usado como grande ajuda no nascimento de crianças.



Sir Water Raleigh disse a respeito do Jade:

“Aquelas Amazonas têm grande estoque de peças de Ouro, que trocam principalmente por um tipo de pedra verde, que os espanhóis chamam de Piedras Hijadas e nós usamos como pedras para o baço, e também as estimamos muito. Dessas, eu vi diversas na Guiana, e usualmente todo rei ou cacique tem algumas, que são usadas quase sempre por suas mulheres e são estimadas como joias caras”.   


  
Na metade do século XVII, era geralmente aceito o poder curativo das pedras de Jade para os cálculos nos rins e bexiga. Um caso peculiar é relatado em uma das cartas de Voiture sobre o recebimento de um bonito bracelete de Jade por Mademoiselle Paulet. 

Ela aparentemente sofria de cálculos renais como ele e, procurando dar-lhe alívio, acabou comprometendo sua virtude quando os amigos de Voiture confundiram a joia como um presente de amor.


Todos os signos se beneficiam do Jade.